Flickr Images

6 de fevereiro de 2015

Carta para o meu antigo eu



Oi, menina da Franja, como vai?

Estou escrevendo do futuro e eu sei o quanto você vai achar isso sensacional porque acredita em tanto coisa doida, não é? (e vai continuar acreditando)
Lembrei de você e resolvi escrever. Dar um oi e falar umas coisas importantes.
Sabe a balança? Essa mesmo que faz você chorar tanto. Não dê tanto valor a ela e ao que as pessoas dizem. Principalmente as suas "amigas" da sua escola e você nunca mais vai nem vê-las. É sério. Aliás você não ver mais quase ninguém da escola e as amizades pra sempre serão eternas enquanto durarem. Poético, né?
Ah, Viviane... você bem que poderia ter começado o curso de inglês mais cedo, hein? Poxa vida! Eu tive que acordar cedo aos sábados por anos e foi um porre, mas superei. Cheguei mais longe do que imaginava. Estamos de parabéns!
Você é estranha. Aceite isso. Ser diferente das outras meninas e preferir jogar video game a comprar batom não é ruim e ser estranha assim é o que vai te trazer o amor da sua vida e amigos de verdade. Amor de amor mesmo, não aquela coisa que você achava que era amor. Mas num vai ser fácil não, hein? Com você nada é muito normal!
Está preparada? Agora vem uma bomba!
Você não vai cursar Matemática, nem tão pouco Informática, mas você vai ter dois diplomas em humanas, Viviane. Essa é a hora que você duvida da veracidade dessa carta! Mas esses cursos vão trazer seu coração humano de volta e você vai deixar a "Frozen Heart" para trás.
Posso pedir uma coisa importante? 
Não conte seus sonhos, pare de ser besta e aja sozinha. As pessoas nunca vão te entender, vão rir e ainda acharem que você é uma maluca. Ok. Maluca você é mesmo afinal é pisciana e vai ter que conviver com isso. 
Tenha mais fé em Deus e mais fé em você mesma. Você faz tantas coisas e foca sempre no que não consegue ou no que faz errado! Pare já com isso! E pegue metade da força que você dá para as pessoas e dê pra você mesma. Isso faz muita diferença.
Sua família ama você do jeito que você é. Não importa o zero em física no segundo ano ou o 10 na monografia. Eles amam você porque família é o bem mais precioso que a gente tem nessa vida.
Eu continuo jogando, sonhando em ser feliz em uma casa com cachorros e um emprego que eu me sinta útil. Ainda amo aquelas bandas todas, choro com a mesma facilidade que dou uma portada nas pessoas, penso nos outros antes de pensar em mim (se puder diminuir isso eu agradeço) e sou feliz no final das contas.
Eu sei que você não vai seguir os conselhos porque é teimosa, embora não admita. 
Então faça do seu jeito. Confio em você. Sabe por que? Porque eu tenho algumas cicatrizes, algumas lembranças ruins, mas eu tenho orgulho de você ter sobrevivido a tanta coisa e continuar com um coração cheio de sonhos.

Que a força esteja com você, Padawan! 
Um beijo da (ainda) menina da Franja

Esse post faz parte da Blogagem Coletiva de Fevereiro do grupo Coisas de Blogueiras (e já foi tema do Rotaroots em março de 2014)

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Olá! Todos os comentários são lidos antes de serem aprovados, mas logo eu respondo, tá?
Gratidão pela sua visita e volte sempre! ❤

Copyright © 2014 | Design e Código: Sanyt Design | Tema: Viagem - Blogger | Uso pessoal • voltar ao topo